Redes Sociais conectam ideias e visões de mundo

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Governo sem apoio, cai

Luciano Alvarenga

Crise de abastecimento de água no sudeste, envolvendo as três maiores capitais do país. São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, sem mencionar a falta de água que já se espraia pelo interior e litoral.
Crise econômica, inflação, aumentos de impostos, gasolina com preços escorchantes e a sensação de que o ano será duro.
Petrobrás vive o seu pior momento, é nada mais nada menos que o pior caso de corrupção da história. A extensão de envolvidos na classe política e na iniciativa privada nos roubos, que já está na cifra de bilhões de reais, vai derrubar a República de sindicato do PT.
Derrota do governo na presidência da Câmara Federal, e a diminuição de sua força no Senado. O que significa dizer que a base de sustentação do governo no legislativo rachou. Num presidencialismo de coalizão como o nosso, em que não se governa sem apaio nas duas casas do congresso, isso significa que Dilma, aquela que não gosta de política, terá que fazer das tripas o coração pra governar.
Mais, Dilma desmentiu tudo o que havia dito na campanha. Tudo o que acusava seus adversários de tramarem contra o povo, ela aplicou em um mês de governo.
O que podemos chamar de estelionato eleitoral. Ganhou com um programa de governo, mas está governando com o programa dos seus adversários.
Economia em frangalhos, e uma forte crise política que se avizinha. Anote aí, acho muito difícil que Dilma escape de um processo de impeachment. Se cai não dá pra saber, mas o fato é que a derrota do PT e da Dilma escancarou um imenso racha na base de apoio do governo. E governo sem apoio, cai.




Nenhum comentário: