Redes Sociais conectam ideias e visões de mundo

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

O Serra é foda

Especulações sobre a história do helicóptero recheado de pó 

Rudá Ricci
Quando políticos adversários começam a se difamar diariamente é porque estão tão próximos que o que os diferencia é filigrana: o vestuário, a bebida preferida, o corte de cabelo, os lugares que frequenta.
PSDB tentou pegar a onda do julgamento do mensalão e vem recebendo uma baciada de contra-ataques com versões sobre o mesmo tema. Imagino para vários ataques (de lado a lado) haverá sempre algo similar a ser apresentado como defesa (ou ataque) do acusado.
Por estas e por outras, as versões sobre quem vazou esta história do helicóptero (e outras envolvendo dirigentes e aliados dos tucanos) começam a pipocar em blogs e redes sociais diversas.
A mais recente é a que publico abaixo e que surgiu no blog do Renato Rovai. Sugere que se trata de fogo amigo. Para quem ainda acha que a vida de candidato tucano em 2014 será recheada de boas notícias.

UMA HISTÓRIA DE UM VAMPIRO SÓ…

29/11/2013 | Publicado por Renato Rovai em Política 
O telefone toca. É ele, meu amigo ave. Ele sempre liga nos momentos mais inusitados.
- Tudo bem maestro, me diz ele.
Ele sempre me chamou assim. Desde o dia que numa assembléia estudantil ele cismou que eu fiz o povo cantar.
- Fala, ave.
Eu só fui chamá-lo assim depois de uns anos. Por conta de algo que talvez não seja assim tão necessário explicar. Ave é meu amigo do lado de lá.
- Tô te achando estranho, maestro. Você não se deu conta de nada ou ficou quietinho porque o vampiro te conquistou?
- Eu, hein, você tá cada dia mais esquisito…rs.
- Vocês são muito fraquinhos. Ficam só na superfície. Não consigo entender como os caras ainda tomam baile de vocês.
- Quer saber, ave, nem eu…
(rimos juntos)
Vou resumir. Ave tem certeza que tem vampiro nessa história do helicóptero.
Por que ele acha isso?
Ave elenca suas hipóteses:
1) O vampiro é quem manda na PF.
2) Se não acredita, pergunta pra Roseana que ela te conta como foi o caso Lunus, me disse ele.
3) Se não acredita, pergunta pros aloprados do PT que tentaram comprar um dossiẽ, me diz ele.
4) Se naõ acredita, me diz ele, pergunta pro rapaz das Gerais.
Ave jura que boa parte das aves entendeu o recado do avião com 450 quilos de cocaína apreendido pela PF.
Ave jura que essa é a senha de sempre. E diz gargalhando: “pó, pára governador…”.
E que no aviário, quando o assunto é poeira, todos entendem o recado.
E sabem da onde vem a ventania.
Entendem que é dia de lua cheia.
Digo que não acredito em vampiros.
Ave ri ainda mais alto.
E diz, você não. Mas a gente tem certeza que ele existe.
E que não ficou no aviário à toa.
E que vai comer muitas aves antes da lua cheia sair de cena.
E desliga o telefone.
Não sem antes dizer. Pode publicar.

Nenhum comentário: