Redes Sociais conectam ideias e visões de mundo

segunda-feira, 18 de março de 2013

Acabou a paciência com Aécio Neves


http://rudaricci.blogspot.com.br/

Parece que a candidatura de Aécio Neves à Presidência da República não vai resistir à ofensiva dos tucanos paulistas. Josias de Souza acaba de publicar uma nota (que reproduzo abaixo) afirmando que um tucano de alta plumagem avalia que o PSDB perdeu o medo do ridículo.
A imprensa paulista vem ignorando o nome de Aécio Neves e batendo bumbo para Eduardo Campos. Não parece coincidência: PPS (cujo presidente nacional é serrista) e tucanos serristas já escolheram Campos como candidato ou aríete para sangrar a postulação do tucano mineiro. Em suma, parte significativa dos tucanos paulistas desembarcam na campanha de Campos ou a utilizam até substituírem Aécio por um nome de sua preferência. Já era previsível, não?
Abaixo, a nota de Josias:


De um tucano paulista e psicanalizado: “O problema do PSDB não é político, é psíquico. Viramos um partido serro-cêntrico. Em 2002, José Serra bateu Tasso Jeresissati. Em 2006, abriu mão para Geraldo Alckmin. Em 2010, atropelou Aécio Neves. Em 2012, Serra é novamente candidato a empecilho de Aécio. Perdemos há dez anos a dimensão do ridículo. O partido se acostumou com o ridículo. Nós perdemos o medo do ridículo.”
Nesta semana, o mineiro Aécio Neves desembarca em São Paulo à procura de uma solução. A dúvida é: será que o tucanato já enxergou o problema? A interrogação paira na atmosfera a uma semana de um ato político programado para que o PSDB de São Paulo aclamasse Aécio. Melhor cancelar.

Nenhum comentário: