Redes Sociais conectam ideias e visões de mundo

domingo, 24 de junho de 2012

PRB: elo da Universal com o Mané




O fato mais importante da eleição até agora é o apoio do PRB ao Manuel Antunes. O que significa dizer um adentro de alguma dezena e meia de pastores que certamente entrarão fortemente na campanha. Estamos falando da igreja Universal e da logística que ela pode fornecer, não apenas em termos de mão de obra pra a campanha, que não é pouco, mas principalmente, apoio de púlpito. 
O apoio indireto da Universal via PRB reposicionou a candidatura de Manuel Antunes na disputa. Até então era apenas o velho Mané com seus problemas de dinheiro, agora é o Mané com seu histórico eleitorado e com a possibilidade de surpreender. Mané é político a moda antiga, se tem dificuldades de transpor os muros da cidade dentro dela age com enorme facilidade. Conhece as ruas, as pessoas, e sabe ser simpático com um eleitorado que não tem motivos concretos para não gostar dele. Pode não votar nele por uma questão geracional, mas não por qualidades negativas.  
Será a primeira vez que uma igreja Evangélica terá motivos concretos para entrar de cabeça numa eleição majoritária em Rio Preto. E a Universal não irá desperdiçar essa oportunidade por razões óbvias. O apoio religioso ao Mané nos obriga a reavaliar o cenário político na cidade. 
Em primeiro lugar existem dois grupos políticos importantes em Rio Preto. O primeiro e mais antigo os que não votam no PT de jeito nenhum, alguns até gostam do Rillo, mas não engolem o PT. E o segundo, que cresceu nestes últimos anos, os anti Valdomiro. Gente que ainda que aceite alguma qualidade na sua gestão não suportam o prefeito.  O Edinho Araújo era o destino de parte destes votos anti PT/Valdomiro. O apoio do Edinho ao Rillo em função disso certamente não irá significar uma transferência de votos do PMDbista e ao PTista. 
Não é certo, mas é possível desconfiar que o Rillo conseguiria mais apoio com o eleitorado do Mané do que com os eleitores do Edinho. Isso significa dizer que, se o deputado Sebastão Santos emergir na campanha não apenas como um vice qualquer, mas o fiador da Campanha do Mané dentro da Universal pode não apenas surpreender, mas tornar bastante real a ida do Mané ao segundo turno junto com o Prefeito.
Essa possibilidade, que não pode ser descartada, é que torna, agora, o primeiro turno mais importante do que estava sendo até então. E se ninguém conseguir emplacar a ideia de terceira via e o Mané emergir como o nome mais palatável aos não eleitores contumazes do PT e do Valdomiro?  Luciano Alvarenga

Nenhum comentário: