Redes Sociais conectam ideias e visões de mundo

sábado, 14 de abril de 2012

Os funcionários não obtém resposta do Prefeito


Paraibuna
Quase uma semana depois de ter publicado o texto ‘Salário da Educação em Paraibuna’ nada foi dito pelas autoridades competentes sobre o assunto. Uma das coisas mais impregnadas nos hábitos de quem ocupa cargos de poder no Brasil, e em Paraibuna em particular, é nunca explicar nada.
O grupo político do qual Barros faz parte nunca foi dado a explicações, isso por que quase sempre ganham as eleições, e por que ganham imaginam por consequência que estão dispensados de explicar qualquer coisa que seja. Isso sempre foi assim, mas como em Paraibuna ninguém explica nada sobre coisa alguma quando está no poder, acaba que ninguém explica nada nunca.
Ocorre que agora tem uma coisa nova chamada internet. Que vem tampar um buraco em Paraibuna que é a falta de uma imprensa vigorosa e atuante. É claro que o Barros não gosta que eu escreva tais coisas, a menos se forem elogios. Mas eu escrevo, por que como me disse alguém em Paraibuna, ‘se você não escrever ninguém escreverá’.
Mas olha que interessante. O Barros disse num comício dele em 2008 que ele iria regularizar a situação dos funcionários da Educação. Que situação? O fato de que todos os funcionários ganham a mesma coisa, o super salário de 625 reais. “Todos os funcionários” quer dizer, cozinheiro, motorista, inspetor, auxiliar disso e daquilo, todos ganham o mesmo o salário.
Não há diferenciação salarial por cargo na educação em Paraibuna. Promessa de campanha não realizada, mas dá tempo ainda Barros. Mas o que me chama a atenção é como a prefeitura tá comprando carro, caminhão, máquinas, prédios, terrenos, e não consegue arrumar os salários dos funcionários da educação. Nem dos professores!
Mas me parece que isso não é importante para o prefeito com altos índices de aceitação popular. Afinal, ainda que tudo isso seja uma realidade e que todos os interessados estejam discutindo o assunto na cidade, o Barros não publicou uma nota de explicação sobre o tema. Pode ser no Facebook do Vitão. Talvez se as pessoas ameaçarem votar na oposição ele resolva falar.
Ainda que o prefeito esteja fazendo uma administração que a maior parte da população aprove não significa que não existam problemas nem que ele não tenha que explicar as razões de suas escolhas quando perguntado. Não sou eu que pergunto, são todos os professores e funcionários da educação de Paraibuna. Luciano Alvarenga

Nenhum comentário: