Redes Sociais conectam ideias e visões de mundo

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Apadrinhado, Igreja e voto

Rio Preto Motorista assume direção de museus

Rodrigo Lima

 

Hamilton Pavam
Parise não soube dizer quem indicou responsável por museus
De motorista terceirizado na Câmara de Rio Preto, o genro da pastora Glória Fernandes, da Igreja Missão da Fé, Daniel José Strine, tornou-se em um dos apadrinhados do prefeito Valdomiro Lopes (PSB). Strine foi nomeado pela portaria número 18.553 para ocupar o cargo de chefe de divisão, lotado na divisão de administração dos Museus da Secretaria de Cultura, com salário de R$ 2,5 mil por mês.

O secretário de Cultura, Antonio Carlos Parise, afirmou ontem que não tinha conhecimento de quem foi a indicação do servidor para a pasta que comanda. Ele sabe que o rapaz fica na ala dos museus e tem entre as suas tarefas agendar visitas no local. “Não é indicação minha”, disse Parise, que é vereador licenciado pelo PTB. O presidente da Câmara, Oscarzinho Pimentel (PPS), é um dos fiéis da Igreja Missão da Fé.

Atualmente, esse é um dos principais redutos eleitorais do parlamentar, tendo ele indicado a Valdomiro a liberação de R$ 150 mil do orçamento do município para a Associação Casa de Caridade Pão da Vida. A entidade é administrada pela pastora Glória. O chefe de gabinete, Alex de Carvalho, disse que não falaria sobre nomeações. Coube à assessoria de Valdomiro se manifestar sobre o assunto.

“Ele (Strine) deixou o currículo e tem experiência na área administrativa”, afirmou o secretário de Comunicação, Deodoro Moreira. Strine disse que conhece Alex e Oscarzinho. “O conheço porque ele (Oscarzinho) é membro da igreja”, afirmou o servidor comissionado. A pastora Glória afirmou que sua ligação com o presidente da Câmara não teve influência na nomeação do seu genro para o cargo. “Se houve indicação não é do meu conhecimento”, disse.

Nenhum comentário: