Redes Sociais conectam ideias e visões de mundo

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Diversidade sem imposição


RIO PRETO SEDIA 1ª MOSTRA DE CINEMA DA DIVERSIDADE SEXUAL
 
Exibição gratuita de longas e curtas nacionais e internacionais será no Sesc; mostra de cinema é realizada pelo Gada e pela Prefeitura de Rio Preto
 
         Um panorama da diversidade sexual pela ótica cinematográfica será apresentado em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, entre os dias 28 e 31 de julho. Trata-se da primeira edição da “Interiores – Mostra de Cinema da Diversidade Sexual”, realizada pelo Gada (Grupo de Amparo ao Doente de Aids) e pela prefeitura da cidade. O evento tem apoio do Sesc Rio Preto, onde serão exibidos longas e curtas nacionais e internacionais que dialogam com a temática da diversidade sexual.
         O objetivo da mostra “Interiores” é revelar por meio da sétima arte a diversidade sexual em seus múltiplos aspectos, contribuindo para a minimização do preconceito. “A diversidade sexual sempre esteve em pauta na história do cinema. Por isso, resolvemos criar, aqui mesmo em Rio Preto, uma grade programação que contasse um pouco deste universo, que está no cotidiano de todos e nas telas do mundo inteiro”, destaca Fábio Takahashi, um dos organizadores do evento.
         Além dos filmes, o evento também contará com um bate-papo reflexivo, programado para o dia 30 de julho (sábado), às 17h30. Com o tema “A vivência LGBT e as diferentes percepções do tempo e das idades do corpo”, o bate-papo terá como convidados Adailson Moreira, professor da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul; André da Costa Lima, cineasta e diretor do curta “Amanda e Monick”; Anselmo Figueiredo, coordenador de projetos de promoção da cidadania LGBT em Piracicaba; e Telma Abrahão, psicanalista que integra a equipe do Centro de Referência em Direitos Humanos LGBT de Rio Preto.
 
         Programação - A curadoria da mostra “Interiores”, que, além de Takahashi, conta com a participação do jornalista e professor Guilherme Lamenha, priorizou para a primeira edição títulos que nos últimos anos se destacaram no cenário nacional e estrangeiro, mas que nunca foram exibidos em São José do Rio Preto e região.
         A abertura da “Interiores – Mostra de Cinema da Diversidade Sexual” fica por conta com longa-metragem brasileiro “Como Esquecer”, que rendeu à protagonista Ana Paula Arósio o prêmio de melhor atriz da APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) em 2010. Na trama, que tem direção de Malu de Martino, a atriz interpreta a professora de literatura Júlia, que tenta recuperar o equilíbrio e a alegria de viver depois de uma relação amorosa com uma mulher cheia de enigmas.
          Mais dois longas integram a programação da mostra “Interiores”. Uma co-produção Peru, Colômbia, França e Alemanha, o filme “Contracorrente” (2009), de Javier Fuentes-León, apresenta o dilema emocional e social do pescador Miguel, que é casado e está prestes a ser pai, mas cultiva um romance com um pintor misterioso e mal visto pelas pessoas do vilarejo onde vivem. Já a produção sueca “Patrik 1.5” (2008), de Ella Lemhagen, conta a trajetória de um casal de gays e sua dificuldade para conseguir a adoção de uma criança.
         Entre os curtas-metragens, a mostra “Interiores” exibirá 20 produções de diferentes regiões do país. São documentários e ficções com forte apelo crítico e popular.
         Os destaques são o documentário “Bailão”, de Marcelo Caetano, vencedor do Prêmio Aquisição Canal Brasil de 2010, além de melhor filme em festivais de Recife e Vitória; e as ficções “A Mais Forte”, de Rick Mastro, “Os Sapatos de Aristeu”, de René Guerra, e “Eu Não Quero Voltar Sozinho”, de Daniel Ribeiro.
         São José do Rio Preto também é representada entre os curtas da mostra “Interiores”, que apresentará “Retratos”, dirigido por Bia Lelles. A produção é baseada em conto homônimo do escritor Caio Fernando Abreu.
 
INTERIORES – MOSTRA DE CINEMA DA DIVERSIDADE SEXUAL
Quando: 28 a 31 de julho
Onde: Sesc Rio Preto (Av. Francisco Chagas de Oliveira, 1333)
Quanto: gratuito
 
PROGRAMAÇÃO COMPLETA
 
28 de Julho, quinta-feita | 20h00
Como Esquecer (Malu de Martino | 2010 | Brasil | 100')
 
29 de Julho, sexta-feira | 19h00
Patrik 1.5 (Ella Lemhagen | 2008 | Suécia | 103')
 
29 de Julho, sexta-feira | 21h00
Contracorrente (Javier Fuentes-León | 2009 |Peru, Colombia, França, Alemanha | 102')
 
30 de Julho, sábado | 16h00 | Programa de Curtas
Páginas de Menina (Mônica Palazzo | 2008 | Brasil | 19')
Eu e o cara da piscina (William Mayer | 2010 | Brasil | 8')
A mais forte (Rick Mastro | 2009 | Brasil | 15')
O Bolo (Robert Guimarães | 2010 | Brasil | 12')
Quenda (Alexandre Bortolini / Warllem Machado | 2010 | Brasil | 15')
Bailão (Marcelo Caetano | 2009 | Brasil | 17')
 
30 de Julho, sábado | 17h30 | Bate-papo
'A vivência LGBT e as diferentes percepções do tempo e das idades do corpo'
 
30 de Julho, sábado | 19h00 | Programa de Curtas
Mais ou Menos (Alexandre Antunes Siqueira | 2010 | Brasil | 14')
Um par a Outro (Cecília Engels | 2009 | Brasil | 12')
Depois do Almoço (Rodrigo Diaz Diaz | 2009 | Brasil | 13')
Depois da Curva (Helton Paulino | 2009 | Brasil | 18')
 
31 de Julho, domingo | 18h00 | Programas de Curtas
Fumaça em Formatos Bizarros (Lufe Steffen | 2010 | Brasil | 17')
Os Sapatos de Aristeu (René Guerra | 2008 | Brasil | 17')
Suspeito (Eduardo Mattos | 2009 | Brasil | 19')
Amanda e Monick (André da Costa | 2008 | Brasil | 18')
Eu não Quero Voltar Sozinho (Daniel Ribeiro | 2010 | Brasil | 17')
 
31 de Julho, domingo | 20h00 | Programas de Curtas IV
Sapphadas (Cristina Beskow | 2008 | Brasil | 32')
O Amor do Palhaço (Armando Praça | 2005 | Brasil | 15')
Poliamor (José Agripino | 2009 | Brasil | 15')
Diálogo (Danon Lacerda | 2010 | Brasil | 19')
Retratos (Bia Lelles | 2011 | Brasil | 17')
 
Assessoria de imprensa:
   
Fernanda Peixe
fernandapeixe@gmail.com – (17) 9111-4061
 
Harlen Félix
harlen.felix@gmail.com – (17) 9167-6132
 
Rua Ipiranga, 945 – Boa Vista - (17) 3021-8018
São José do Rio Preto/SP

Nenhum comentário: