Redes Sociais conectam ideias e visões de mundo

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Sacolas plásticas


A proibição do uso das sacolas plásticas nos supermercados para embalar comprar é bonito a primeira vista, mas me parece uma idéia para inglês ver.
Todo mundo sabe que as pessoas usam as tais sacolas mais para colocar lixo do que para carregar compras.
Querem acabar com uso da sacola para que as pessoa parem de polui, no entanto, teremos que comprar sacos de lixo para o mesmo fim que antes era destinado as sacolas de supermercado.
Quem está levando a melhor nesse lance são os supermercados. Deixarão de gastar muita grana com sacolas gratuitas e ainda venderão os sacos de lixo para que nós embalemos nosso lixo antes de jogá-lo fora.
O consumidor poluidor continua na mesma, poluindo, não polui com sacolas, mas agora com sacos de lixo preto. O problema sem solução é que nos produzimos mais lixo do que aquilo que podemos, não temos mais o que fazer com ele, e ficamos discutindo sobre sacolas de supermercado.
Antes havia bolsas para carregar compras, hoje precisamos de 50 bolsas para carregar carrinhos cheios de compras. Ou seja consumimos muito mais do que nossos avós.
Esta é uma das muitas e insolúveis contradições de nossa vida moderna, confortável e poluidora. Agora com a chegada da nova classe C todo mundo esta contente pór que está comendo iogurte e comprando e televisão, o lado que ninguém gosta de lembrar é o que cenário ambiental só piora com tudo isso.
Nossa sociedade é insustentável nesse modelo baseado em consumo na maioria das vezes de bem supérfluos e que não precisamos e nunca precisaremos. Pense nestes milhões de carros andando pelas ruas, todos máquinas de poluir, com suas latarias, pneus, baterias, vidros, ferro e tudo o que lhe acompanha, vai tudo para o lixo em duas décadas. Não é sustentável.
Sacolas são apenas uma parte insignificante do problemas e quem levou a melhor nessa foram os supermercados que depois de décadas nos fornecendo gratuitamente as sacolas, agora nos venderão.
Por que os supermercados não embalam nossas compras com sacolas de papel reciclável eles não disseram.

Nenhum comentário: