Pular para o conteúdo principal

Brasil: contradições


Olá Luciano tudo bem,
 
  Adoro seus e-mail, e sempre acesso seu blog,
 
 
  Nosso país um dos mais belos do mundo, com um fonte natural de recursos, algumas inesgotáveis. Que por muito difícil acontece algum acidente por culta de ações da natureza.
 
Porém, O pessoal que Habita essa terra (Foram bem amaldiçoados)

- vamos pegar nossos ancestrais,
 
meus bisavós, italianos - só vieram para este país pois foram de uma classe muito baixa de renda, em busca de serviços, quando chegaram nesse estado vieram para o interior paulista, junto com muitos outros italianos cultivar café.
 
Agora se Lembra das piadinhas de Português, acho que é ao contrário, porque afinal foi um Português que descobriu o Brasil - somos frutos deles.
Para a construção do Brasil só veio os Operários morar nesta nação já habitada por Indios.
 
Em uma certa época comercializavam negros como escravos, então imagina só o sofrimento desse povo, que corre até hoje no sangues de seus descendente, e infelizmente até a mídia é muito racista.
 
Lembrando também que um pessoal de outros países fugiam escondidos no navio para o Brasil, fugindo de guerras e acontecimentos histórico, ou até mesmo por meio de imigrações como exemplo do Marceneiro Judeu (Samuel Klein) que veio da Polônia, mas ele fez diferente - com muito esforço fundou as casas bahia.
 
Então vamos analizar, nosso país é uma Junção de raças - Portugueses - Italianos - Afro descendentes - Judeus - Indios - ETC...           
   e Geralmente desse pessoal ai, 70% do Brasil foi construído por um pessoal que não tinha pretensão de evoluir, mas com a pretensão de ACOMODAÇÃO.
 
Desenvolvendo um fator Cultural que implica muito na hora de evoluir, EX.: como meus avós pensam em relação de eu estudar(seguir nos estudos após o 3 colegial) acha que isso não tem necessidade. Pois uma noite deve ser igual quando eles trabalhavam na roça, dormiam as 9 horas da noite.
 
Por outro Lado, Uns 10% de pessoas mais inteligentes, faz o lado oposto, conseguindo a receita ideal para o seu sucesso, sendo no ramo mais complicado, ou no mais facil.
 
 
Vamos analizar outra Situação, as 10 anos atrás a China enviou certo grupo de pessoas para estudar em faculdades do EUA, Pensando em que?
   Para que quando voltassem, Lecionarem para suas faculdades, que neste 3 últimos anos alunos formados por professores que estudaram em países de primeiro mundo, trabalham em empresas que gera resultados de grande impacto no seu sistema lucrativo, levando a China ser a maior investidora do mundo. Até os EUA estão com medo da China neste momento de uma certa forma.
  E o Brasil, Prefere investir em seus presos e outros projetos que são desculpa para desviar dinheiro nosso de imposto, poderiam investir mais na saúde e  na educação, ou na sua maior arma que são os professores e sem um bom professor, boa escola e bom sistema de ensino não da para gente se estruturar, sabendo que em casa temos a televisão com o eletrodoméstico essencial da VIDA, hoje pode faltar um Fogão, geladeira mas a TV não. E nessa TV com um bombardeio de porcariada da TVaberta, as crianças sendo o alvo principal da mídia, eai?
  Os alunos vão a escola pensando no que vai passar na TV depois da Aula, ou até o no Computador para ver coisas que deveriam se retiradas do ar, pois não existe ainda um identificador para saber a idade de quem opera o mouse.
   Os pais fingindo que não vê, e sempre que acontece algo colocam a culpa em alguém que não sejam eles.
           
Um país que passa Anuncia o dia todo comercias de cerveja e bebidas alcoólicas (sem beber você nunca será feliz é a mensagem que passa nos anuncios).
Que na minha opinião se acontece algum acidente e mata alguém, a empresa fabricante de bebida, deveria indenizar a família da vítima e outras envolvidas no acidentes (como é feito em alguns carros ou equipamentos com defeitos), e que pegassem o que a federação gastou um ano inteiro com mortes acidentes de transito, internações, e fizessem uma média multiplicasse por 2, e colocasse no valor do imposto sobre as bebidas, afinal hoje a bebida é a que mata mais, causas de gestações indevidas, brigas, mendigação e muito mais. (se ela fosse muito caro seria mais dificil de ver gente se embriagando)
 
E não podemos colocar a culpa, da pessoa que manda no brasil, porque o culpado somos nós, que temos do bom e do melhor e não sabemos usar. Preferimos assistir um jogo, tomar uma cervejinha, assistir a TV e fingir que não é com nós este problema.
 
Como uma torcida Pode Mudar seu Time, Nós podemos mudar o Brasil, da mesma forma que vamos aos Jogos e se tiver perdendo, levando gol toda hora, podemos fazer protestos que seremos escutados gerando modificações.
 
 
Não sei se da para entender alguma coisa, mais algo que penso sobre hoje do nosso país descontrolado.
 
Raphael Castigliéri

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Se o mundo tivesse 100 pessoas LEGENDADO (premio Cannes)

Ter pinto é crime

Luciano Alvarenga
Uma coisa é o movimento feminista, outra, são as mulheres. Feministas gostam de política, ou pelo menos de terem contra o que levantar suas bandeiras de ódio; mulheres gostam de homens e de uma vida alem da política. O movimento feminista foi desde o princípio, pelo menos aquilo que se pode chamar assim, nos anos 1950, não em direção as mulheres, mas contra os homens. O homem sempre foi o alvo do movimento; não se trata de libertar a mulher seja do que for que se imagine ela precise ser liberta, mas de constranger o masculino de tal forma que o movimento feminista, não as mulheres, tenha mais e mais poder. Aliás, o movimento feminista não está nem ai com as mulheres, basta ver o absoluto silêncio desse movimento em relação à presença de um jogador de vôlei masculino (há quem acredite que lhe terem amputado o pênis e convertê-lo numa vagina, o tornou mulher, kkkkk) num time feminino, sem que isso cause o menor constrangimento político no movimento feminista (aqui é mais…

Sem chão nem utopia

Luciano Alvarenga A grande promessa da modernidade foi oferecer liberdade contra tudo e qualquer coisa que pudesse impedir os indivíduos de fruírem a vida sem amarras. Podemos dizer que, tal liberdade foi conquistada plenamente, e ainda que alguns resquícios de passado, com suas imposições e limites ainda resistam, derretem rapidamente nesse momento; não deixando atrás de si nada que possa servir como estandarte pra novas rebeliões. Não há contra o quê se rebelar. Todos os sólidos do passado, seja moral ou secular, estão liquefeitos; ao indivíduo resta apenas o destino de se guiar, tendo a si mesmo como referência. Ao mesmo tempo em que goza de todas as liberdades, vividas ou sonhadas, realizadas ou posta como possibilidade, o que se desenha nas pegadas daquele indivíduo é o medo, o receio, a insegurança, a incerteza em relação a si mesmo e aos seus destinos possíveis. A própria ideia de destino nada mais é que uma imagem, uma ilusão de quem ainda pensa que se guia de acordo com alguma r…