Redes Sociais conectam ideias e visões de mundo

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

O planejamento metropolitano em Toquio

O planejamento metropolitano em Toquio

Por Erik P
A especulação imobiliária no Brasil é quem dá os tons da perversidade na paisagem urbana. Em São Paulo, por exemplo, a infraestrutura urbana é planejada de mãos dadas com a voracidade imobiliária. Os pobres são empurrados para cada vez mais longe, em lugares com infraestrutura precária, onde o transporte é saturado e o problema das enchentes é cíclico.
Eu já li aqui no Nassif um post sobre o planejamento metropolitado, que no Brasil ainda engatinha. Dias desses, sem querer, cai numa página do governo metropolitano de Tokyo (Tokyo em si não é uma cidade e sim um aglomerado de "prefectures"). Na página em inglês, existe um número muito esclarecedor de tópicos que mostram a seriedade com que a região metropolitana é governada. O cuidado em mostrar o breakdown das finanças, a evolução da população e as metas de tornar a cidade mais verde (eles tem a ambiciosa meta de tornar Tokyo na cidade com menor impacto ambiental do planeta!) são impressionantes.
yo é uma metrópole onde o transporte funciona (no horário, apesar de picos com enorme saturação no sistema) e que é segura, com baixíssimos níveis de violência. A cidade é limpa e existe um plano para melhorar o escoamento da chuva, evitando que essa água misturada com o esgoto (pelo texto, a captação é conjunta) suba para as ruas. Isso sem contar o "programa para comida com baixo teor de gordura" para incentivar a população a não jogar o óleo de cozinha no esgoto doméstico.
Acho a organização japonesa impressionante e a cultura idem. O que mais eu acho interessante é o cuidado dos políticos japoneses com suas cidades, com a comunidade. As páginas em inglês com os detalhes da gestão metropolitana de Tokyo deveriam ser encardenadas e distribuídas pelo Brasil afora. Infelizmente ainda vemos cidades como São Paulo sendo disputadas apenas como territórios político-eleitoreiros.
Wadayayoi Sewer Main (storm water storage pipe) Wadayayoi Sewer Main
Bom, acho que foi meio off-topic mas o assunto é interessante.
As páginas com o perfil e governo da região metropolitana de Tokyo estão disponíveis em: http://www.metro.tokyo.jp/ENGLISH/PROFILE/index.htm
E a parte do esgoto, escoamento da chuva está disponível em: http://www.metro.tokyo.jp/ENGLISH/PROFILE/policy14.htm
São páginas riquíssimas em informações, com uma clareza que não consegui encontrar nem no site da Prefeitura do Poste nem no site do governo de SP.
Queria ver o Chirico Serra dando "palestra" de "jestão" metropolitana por lá.
Para complementar o meu comentário anterior sobre Tokyo, o governo metropolitano tem um plano de 10 anos. Vejam as metas do plano (tradução do Google):
Estratégia urbana de Tóquio
"Grande mudança de Tóquio: PLANO DE 10 ANOS"
Em dezembro de 2006, o Governo Metropolitano de Tóquio formulada "Tokyo Big Change: O plano de 10 anos" (a seguir a 10-Year Plan), que apresenta a visão de Tóquio, a cidade no ano de 2016 ea direção das políticas a serem tomadas para alcançar essa visão.
Tendo passado pelos estágios de desenvolvimento e crescimento, Tóquio está prestes a atingir a maturidade. Para transformar em Tóquio uma ainda mais funcional e atractiva metrópole, o plano de 10 anos, prevê não só o desenvolvimento da infra-estrutura urbana, mas também a realização de maiores níveis de crescimento de uma variedade de áreas, incluindo ambiente, segurança, assistência social, cultura, turismo, indústria e desporto.
iniciativas pioneiras serão tomadas em 2016 para transformar este projeto em um futuro próximo em realidade. Isso fará com que Tóquio um novo modelo urbano para o século 21, que será apresentado às cidades ao redor do mundo. Uma visão geral do plano de 10 anos é a seguinte.
Alcançar níveis mais elevados de maturidade
Tóquio é uma cidade com tradição e história que remontam a mais de 400 anos para o estabelecimento do shogunato Edo aqui, e floresceu como uma cidade moderna, mais de 100 anos. Assim que Tóquio pode aspirar a alcançar níveis ainda mais altos de maturidade seguir seu desenvolvimento e crescimento no século 20, seria necessário para os próximos três iniciativas a serem tomadas.
(1) Resolver a "herança negativa" do século 20
A construção de novas estradas em Tóquio não tem sido capaz de acompanhar a rápida expansão urbana, o que é particularmente notável no atraso significativo no desenvolvimento de estradas em relação ao anel radial estradas. O congestionamento do tráfego resultante crônica é a maior fraqueza de Tóquio, e esse legado negativo do século 20 deve ser superada através do preenchimento de três vias loop, que são essenciais para o tráfego de rede na Grande Área de Tóquio, e outras estradas principais.
(2) Apresentar um mais funcional e atraente Tóquio
Juntamente com a realização agradável e altamente conveniente vida urbana, através da plena utilização da facilidade e conforto que viria de mitigar o congestionamento do tráfego, seria essencial para o desenvolvimento urbano incorporando o desenho universal para que todos possam apreciar a vida urbana.
(3) Faça Tokyo uma cidade bonita e segura "para aumentar a visibilidade internacional de Tóquio, e deixar esse legado para as gerações futuras
O perfil internacional de Tóquio será melhorada, tornando-a uma cidade segura e bonita. Este objectivo será atingido através de iniciativas tais como paisagismo, que incide sobre as vistas da água, e intensos esforços para lidar com o desafio urgente de reduzir o risco de catástrofes terremoto. Este precioso legado também será transmitida para as gerações seguintes.

Nenhum comentário: