Redes Sociais conectam ideias e visões de mundo

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

EUA multam a Danone em US$ 21 mi por propaganda enganosa do Activia

EUA multam a Danone em US$ 21 mi por propaganda enganosa do Activia

No Brasil, a propaganda usou
 até uma atriz grávida 
A subsidiária nos Estados Unidos da francesa Danone vai pagar uma multa a 39 estados no total de US$ 21 milhões (R$ 38,4 milhões) por veicular propaganda enganosa do iogurte Activia e da bebida láctea DanActive.

A publicidade afirma que os dois produtos contêm bacilos que ajudam a regular “o trânsito lento” – ou seja, “constipação intestinal”, na linguagem médica, ou “prisão de ventre”, na popular.

A FTC (Comissão Federal de Comércio), que fiscaliza os anúncios, se posicionou contra a publicidade porque não há comprovação científica dos benefícios apregoados pela Danone.

Argumentou que, se a empresa continuasse a divulgar as supostas propriedades medicinais do Activia e do DanActive, ela teria de submetê-los à FDA (Food and Drugs Administration), órgão que tem de aprovar os remédios para que sejam colocados no mercado.

A subsidiária brasileira da empresa também anunciou na TV em 2007 e 2008 as supostas propriedades do iogurte Activia.

A agência Young & Rubicam contratou atrizes como Patrícia Villar, Susana Vieira e Carla Mercado para peças publicitárias. Grávida, Carla (foto acima) dizia que no início da gestação o seu intestino tinha travado. “Aí passei a tomar Activia todos os dias, e o meu intestino funcionou.”

Em junho de 2008, a Anvisa (Agência Nacional da Vigilância Sanitária) proibiu os anúncios. Ainda assim, em novas versões, eles continuaram a ser divulgados.

http://www.paulopes.com.br/2011/01/eua-multam-danone-em-us-21-mi-por.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+blogspot%2FLHEA+%28Paulopes+Weblog%29

Nenhum comentário: