Redes Sociais conectam ideias e visões de mundo

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Sobre Líquidos e Sólidos


Tudo que é sólido se desmancha no ar. Com esta frase dita no século XIX pelo economista e filósofo Karl Marx e repetida inúmeras vezes ao longo do século XX, e a idéia que podemos abstrair é a de que nem tudo é o que parece.
Ou dito em outros termos, tudo muda, tudo se desmancha e o que é uma verdade hoje, pode não ser amanhã, o que seguro agora pode ser inseguro amanhã, o que é conhecimento hoje e uma boa idéia, pode não ser daqui a pouco. A filosofia contida nesta frase é a de que os tempos modernos são inseguros, liquefeitos e a incerteza predomina.
Disso sabemos todos, quem que não imaginava seguro em seu emprego e o perdeu. Quem que não amava e vivia uma relação estável não se viu largado. Quem não imaginava as melhores coisas de determinada pessoa e foi surpreendido por algo que mudou completamente seu conceito sobre ela. Pois é, todos já vivemos algo assim em nossas vidas.
O mundo não é maniqueísta, ou seja, não esta dividido em pessoas boas de uma lado e más do outro. Nem todo mundo vermelho é bom nem todos azuis são do mau. Ou vice versa.
A verdade é que temos que nos guiar pelas condiutas, como diz uma frase muito bonita, as palavras emocionam, mas os exemplos arrastam. Antes de definirmos que é bom ou ruim devemos observar seus atos, sua conduta, seus exemplos.
Além do mais estamos todos expostos ao erro. Errar é humano, diz sabedoria popular. No entanto a insistência no erro aponta um traço de caráter. Antigamente era muito mais fácil saber que não prestava, o mundo era mais simples, hoje é mais complexo e as coisas não são assim tão cristalinas.
Precisamos nos nortear pelo que é certo justo e correto, ainda que muitas vezes seja difícil e doloroso. Um dos problemas que as pessoas enfrentam hoje é justamente o de não saberem o que é certo, ético, e por isso sofrem e pagam muitas vezes preços altos por seus erros.
A boa conduta é um ótimo guia a quem deseja seguir uma vida honesta, digna. Precisamos saber também que valores são as únicas coisas que duram enquanto as outras todas passam. Se guiar pelo efêmero, pelo passageiro e construir a vida sobre isso é construir como diz o texto religioso, sobre a areia. Construir sobre a rocha, sobre o seguro, sobre o durável é guiar-se pelo correto, pelo ético e pelo justo.
Como diz uma outra frase, é possível eu ser justo comigo e injusto com o outro. Luciano Alvarenga

Nenhum comentário: