Pular para o conteúdo principal

Resultado mental da eleição


É preciso termos cuidado em todas as expressões, pois, as vezes não estamos preparados para pronunciarmos, sobre determinado assunto. Caso façamos, cometeremos os maiores absurdos.


Repassando...........
Foi o Nordeste que deu a vitória de Dilma?
Antes de responder à pergunta, tome seu tempo e leia estes comentários pós-eleição:


mayarapetruso.png

ne0.png

ne1.png

ne3.png

ne4.png

ne5.png

ne7.png

ne8.png


A essa altura você já deve ter entendido o motivo desses ataques de xenofobia. Mas como começou? O que foi o catalizador de tudo isso? 

Tudo aconteceu por causa de figuras como esta, amplamente divulgadas pela imprensa:


2oturno.png


Sim, se dependesse da Região Nordeste, Serra não teria a mínima chance. Mas acontece que, nestas eleições, se você analisar os resultados por região, vai ver que:

No Sul: 
Serra ganhou por 7,78% dos votos.

No "Sudeste Maravilha": 
Dilma ganhou por 3,76%; graças ao Rio de Janeiro e a Minas Gerais, estados em que Dilma teve uma vantagem na casa dos 20%!
No Espírito Santo, porém, deu empate!
E em São Paulo, o centro do universo, casa de tantos mandatos de direita, Serra não conseguiu nem mesmo 10% de vantagem!

No Centro-Oeste: 
Empate!
Rigorosamente, Serra ganhou por 1,84%.

No Norte: 
Dilma ganhou por 14,86%.

E no nosso Nordeste amado e odiado por tantos: 
Dilma ganhou por avassaladores 41,16%.

Tudo isso está resumido neste quadro:

2o turno completo.png


Números à parte, vamos fazer a vontade dos sudestinos e remover o Nordeste do Brasil. O que aconteceria?


2oturnoNEviroumar.png

Seriam 26 milhões de votos válidos a menos. E o resultado das eleições:

2o turno sem NE.png


Oxente, deu Dilma de novo! Como pode? Deve ser por causa do pessoal lá do Norte, né? Então vamos tirar o Norte também:


2oturnoNEviroumarNOtambem.png

Eis o sonho de grande parte dos sudestinos. Um Brasil sem Norte/Nordeste! 

Agora sim, vamos ao resultado das eleições. Está tudo nas mãos deles:

2o turno sem N NE.png

Mas deu Dilma de novo! E agora, quem explica? 

Pergunte aos moleques do Tuíter (sic). O que será que eles diriam? 

Provavelmente seria algo nas linhas de: "É por causa dos imigrantes do Norte/Nordeste que votam aqui no Sul/Sudeste".

Raciocínio incorreto. Pois mesmo que todos os migrantes nordestinos tenham votado em Dilma (100% em Dilma, o que é uma hipótese extremamente fantasiosa), o número desudestinos nativos morando na região é muito maior. Prevaleceu portanto a vontade deles, os nativos, e foi por pequeníssima diferença que Dilma venceu.

Posto isso, ao invés de propor a independência do Sul/Sudeste, os referidos xenófobos deveriam primeiro checar os números e decidir o que fazer com metade de seus conterrâneos. Afinal, há mais eleitores de Dilma nativos de lá (S/SE) do que nativos daqui (N/NE).

Silvano da Conceição
Sociólogo e Professor da UESB
Celular: (73) 9141-4907
MSN: silvano_cso@hotmail.com
Currículo Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4705260Y4

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Se o mundo tivesse 100 pessoas LEGENDADO (premio Cannes)

Ter pinto é crime

Luciano Alvarenga
Uma coisa é o movimento feminista, outra, são as mulheres. Feministas gostam de política, ou pelo menos de terem contra o que levantar suas bandeiras de ódio; mulheres gostam de homens e de uma vida alem da política. O movimento feminista foi desde o princípio, pelo menos aquilo que se pode chamar assim, nos anos 1950, não em direção as mulheres, mas contra os homens. O homem sempre foi o alvo do movimento; não se trata de libertar a mulher seja do que for que se imagine ela precise ser liberta, mas de constranger o masculino de tal forma que o movimento feminista, não as mulheres, tenha mais e mais poder. Aliás, o movimento feminista não está nem ai com as mulheres, basta ver o absoluto silêncio desse movimento em relação à presença de um jogador de vôlei masculino (há quem acredite que lhe terem amputado o pênis e convertê-lo numa vagina, o tornou mulher, kkkkk) num time feminino, sem que isso cause o menor constrangimento político no movimento feminista (aqui é mais…

Classe média alta de Rio Preto no tráfico de drogas

Cocaína e ecstasy rolam solto na alta rodaAllan de Abreu Diário da Região Arte sobre fotos/Adriana CarvalhoMédicos são acusados de induzir o consumo de cocaína e ecstasy em festas raveFestas caras com música eletrônica e bebida à vontade durante dois ou três dias seguidos, promovidas por jovens de classe média-alta de Rio Preto, se tornaram cenário para o consumo de drogas, principalmente ecstasy e cocaína. A constatação vem de processo judicial em que os médicos Oscar Victor Rollemberg Hansen, 31 anos, e Ivan Rollemberg, 25, primos, são acusados pelo Ministério Público de induzir o consumo de entorpecentes nesse tipo de evento.

Oscarzinho e Ivanzinho, como são conhecidos, organizam há seis anos a festa eletrônica La Locomotive. A última será neste fim de semana, em Rio Preto. Cada festa chega a reunir de 3 mil a 4 mil pessoas. Segundo a denúncia do Ministério Público, os primos “integram um circuito de festas de elevado padrão social e seus frequentadores, em especial os participa…