Redes Sociais conectam ideias e visões de mundo

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Avó fez sexo com neto de 15 anos para ‘tirar um demônio dele’

Avó fez sexo com neto de 15 anos para ‘tirar um demônio dele’

Entre 28 de julho de 2008 e 1º de agosto do mesmo ano, a professora Toni Stowers-Moore (foto), 53, masturbou seu neto de 15 anos e teve com ele relações com penetração com o propósito de exorcizá-lo de um “demônio sexual” que poderia atacar pessoas inocentes.

É o que Toni disse por telefone a parentes, que gravaram a conversa e a denunciaram à polícia de Durham, no estado da Carolina do Norte (EUA). A professora foi presa no dia 28 de agosto daquele ano, perdeu o emprego de assistente que tinha em escolas públicas e aguarda o julgamento.

O promotor Tracey Cline acusa-a de incesto, abuso de adolescente e estupro.

Inicialmente, Toni argumentou ter havido uma espécie de cerimônia religiosa na qual ela sacrificou o seu corpo para livrar o neto do   ‘demônio sexual’.

Agora, ela já estaria admitindo ter violentado o adolescente, provavelmente por orientação de seu advogado para não pegar a pena máxima nesse tipo de caso, de 12 anos de prisão.

Nos Estados Unidos, réu que admite seu crime obtém pena com atenuante, desde que haja um acordo entre defesa e acusação. No caso de Toni, se ela reconhecer a culpa, o tempo da prisão cairá para seis anos.

O julgamento estava previsto para terça-feira (28), mas teve de ser adiado porque testemunhas, o neto e seus pais não compareceram ao tribunal. Todos foram intimados a não faltar mais.

O juiz Donald Stephens chegou a suspeitar que Toni tivesse transtornos mentais, mas mandou prosseguir a tramitação das acusações depois que peritos forenses atestaram a sanidade da professora.

Com informação e reprodução de imagem do ABC News.

Nenhum comentário: